As crises hídricas que vemos no Brasil não afetam apenas as residências, mas todos os setores da economia e, principalmente, a indústria de uma forma geral. Um das que mais sofre é, por exemplo, a de cosméticos, pois a água é essencial para fazer os produtos. Há alguns que levam mais de 80% de água na fabricação como os cremes hidratantes.

Água de reuso para Indústria

A falta de água é um grande e grave problema para o setor industrial. O desperdício de água por essas empresas preocupa a todos devido ao problema da escassez de água. Dentro do país, o setor da indústria de transformação representa o 3º maior uso, só perdendo para o abastecimento urbano e rural. As indústria de celulose, papel e produtos de papel, bebidas, produtos químicos, bebida e biocombustíveis são os grandes responsáveis pela retirada de 85% da água e representam 90% do consumo do recurso quando o assunto é setor industrial.

A situação entre 2014 e 2015 foi bastante grave. De acordo com algumas pesquisas feitas na época, constatou-se que pode faltar água para a produção industrial já em 2035 se mudanças não forem realizadas no consumo e em relação ao clima de uma forma geral.

A seguir, vamos falar um pouco mais sobre como a crise hídrica afeta as indústrias e de que maneira o reuso da água pode minimizar os impactos negativos no setor. Confira!



COMO A CRISE HÍDRICA AFETA A INDÚSTRIA?

Em 2015, a Zona Oeste do Rio de Janeiro sofreu com a crise hídrica especialmente por ser uma área de grande concentração industrial. Somando-se à crise de escassez de água na região, os empresários ali ainda enfrentam a questão da transposição e também da dependência do Rio Paraíba do Sul.

Em São Paulo são muitos os problemas. A crise não foi e não é provocada apenas pela falta de chuvas, mas também pelo crescimento desordenado da cidade e da grande concentração populacional. Em cerca de 50 anos, a população da cidade pulou de 4,8 milhões para 11,8 milhões e só na região metropolitana são mais de 22 milhões de habitantes.

De acordo com o site da Sabesp, cada pessoa consome 110 litros de água por dia para as necessidades de higiene e consumo). Multiplicando esse número pela quantidade de habitantes na maior cidade do país, temos um consumo diário de 2.420.000.000 litros de água. Além disso, há um grande desperdício de água: 30% de toda a água tratada e boa para o consumo oferecida pela companhia de saneamento do estado.

Com isso, veio também a poluição dos rios, a grande verticalização de moradias (aumentando os efeitos climáticos do aquecimento), impermeabilização do solo (o que dificulta a passagem das águas das chuvas para o lençol freático), grande poluição pelo uso de automóveis e assim por diante.

A crise hídrica só não trouxe um problema maior porque, ao mesmo tempo, o Brasil entrou na crise econômica. Então, as indústrias não estavam produzindo com capacidade total.

Bom, como se pode ver, o cenário para os próximos anos não é nada promissor e as indústrias precisam se prevenir das próximas crises hídricas que estão por vir. Ainda não há um projeto do estado para garantir o fornecimento de água para o setor ou tentar criar estratégias para um consumo de água mais consciente por todos. Então, o melhor a fazer é criar a sua própria estratégia.


USOS DA ÁGUA NA INDÚSTRIA

A água é utilizada pelas indústrias em diversos processos e também diretamente nos produtos, como ocorre no caso da indústria de bebidas e também na de cosméticos. Por exemplo, na indústria de cosméticos, a água é o principal insumo utilizado no produto. Já em vários outros tipos de indústrias, os produtos químicos utilizados precisam ser dissolvidos e diluídos em água para o uso. Alguns tipos de processos produtivos precisam de uma fonte de água contínua, por exemplo:

  • POLIMERIZAÇÃO QUÍMICA;
  • FABRICAÇÃO DE PAPEL;
  • MINERAÇÃO;
  • BRANQUEAMENTO DA CELULOSE;
  • TINGIMENTO;
  • IMPRESSÃO;
  • PRODUÇÃO TÊXTIL;
  • RESFRIAMENTO DE USINAS.

Todos os processos citados consomem uma grande quantidade de água e esse é um dos maiores custos que as indústrias apresentam.

Ainda há vários outros. Por exemplo, alguma pistolas à pressão usam a água para realizar um corte mais preciso. O líquido também é utilizado nas lâminas de serragem, evitando o superaquecimento.

Além do uso da água nos processos e nos produtos industriais, a água também é utilizada pelos funcionários com o uso de banheiros e também pelos refeitórios para a preparação dos alimentos. Além disso, a água também é utilizada na limpeza.


POLUIÇÃO DAS ÁGUAS PELAS INDÚSTRIAS

Não é de hoje que todos sabem o quanto as indústrias poluem o meio ambiente despejando, além de lixo, água contaminada em rios e outros locais. Uma quantidade grande de água contaminada acaba caindo no lençol freático contaminando, inclusive, água limpa e potável para o consumo. Considerando que apenas menos de 1% da água do mundo está boa para o consumo, é algo preocupante.

E não é só o consumo da água em si que fica prejudicado. A população ribeirinha, que depende das águas dos rios para a sobrevivência, vivendo principalmente da pesca, passa a ter menos locais para isso. Isso acaba forçando muitas pessoas deixarem as suas cidades, indo para cidades maiores em busca de emprego, gerando a grande concentração populacional que falamos aqui.

Metalúrgicas também são outros tipos de indústrias com alto grau de contaminação das águas. Liberam grande quantidade de cálcio, cádmio, cobre, manganês, sódio e zinco nas águas deixando-as impróprias para o consumo aumentando os riscos de provocar doenças na população.

Por tudo isso, é mais do que urgente que o setor industrial tome providências para reduzir não só o consumo da água como também melhorar a qualidade dos efluentes, reduzindo a poluição. Ele não ganha somente com uma redução de custos pela economia de água como também tem mais chances de ganhar clientes. De acordo com pesquisas, 87% da população prefere comprar de empresas sustentáveis e amigas do meio ambiente.


E O QUE FAZER?

Água de reuso para Indústria

Existem várias maneiras de reduzir o consumo de água pelas indústrias ou mesmo de reutilizar a água. É possível colocar em isso em prática, e algumas indústrias já fazem aqui no Brasil.

Um ótimo exemplo é o da Heineken. A indústria de bebidas é, de uma forma geral é uma das que mais consome água para produção. Para cada litro de cerveja que é produzido é preciso utilizar 6 litros de água. A Heineken conseguiu reduzir esse número para 4,9 litros sem perder a qualidade ou o número de vendas. Por ano, a empresa consegue economizar em água o equivalente a 38 piscinas olímpicas. Além disso, 92% das cervejarias fazem o tratamento de efluentes. É um belo exemplo a ser seguido.

Você pode começar de uma forma muito simples: tratamento para água de reuso. É possível instalar um sistema para a sua indústria de acordo com as suas necessidades.


COMO FUNCIONA O TRATAMENTO DE ÁGUA DE REUSO?

A ideia é bem simples. Vamos pensar em uma indústria têxtil, por exemplo, que é uma das maiores poluidoras dos rios, só perdendo para o petróleo. O efluente das máquinas para a lavagem vai para o sistema de tratamento por meio da tubulação. Essa água deve ficar em um reservatório onde o sistema será instalado. Essa água passará por uma dosadora, responsável por adicionar cloro à água para eliminar a presença de micro-organismos que prejudicam a saúde.

Depois, essa água é despejada em 3 tanques. À medida que vai caminhando pela tubulação, passa por um filtro e também por uma outra dosadora. Por fim, vai para um tanque no qual fica armazenada para sua utilização. Dessa maneira, a indústria pode, facilmente, utilizar a água de reuso em diversos processos produtivos, evitando assim não apenas o desperdício de água como também o despejo de efluentes não tratadas na natureza.

O sistema de tratamento também pode ser utilizado a partir de outras fontes de água como a água das chuvas. Por meio de um sistema de calhas e canos, a indústria pode aproveitar uma boa quantidade de água para uso interno, por exemplo, ao molhar os jardins ou para a limpeza dos mais diversos locais.


QUAIS AS VANTAGENS DA ÁGUA DE REUSO?

Água de reuso para Indústria


NÃO POLUEM O MEIO AMBIENTE

As indústrias são uma das grandes responsáveis pela contaminação dos rios e pela escassez de água. Afinal de contas, se as águas ficam impróprias para o consumo e para o uso, a quantidade de água disponível fica cada vez menor. Assim, a água de reúso torna-se um potente aliado quando o assunto é preservação ambiental. Além disso, como já dissemos aqui, ser uma empresa amiga do meio ambiente é um atrativo para novos clientes.


TORNA-SE UM DIFERENCIAL COMPETITIVO

A sua indústria precisa ter um diferencial da concorrência. Pois bem, a utilização da água de reuso pode oferecer isso e a ideia é bem simples.

Primeiro, por ser uma empresa sustentável e que ajuda na preservação do meio ambiente. Segundo que, por usar água de reuso, a economia desse insumo será grande, gerando também economia nas despesas. Assim, é possível oferecer um produto com menor custo, obtendo maior competição no mercado.


AUMENTA OS LUCROS

Essa é uma dedução até lógica. Se você passa a reduzir o consumo de água reutilizando a água que já utiliza e se consegue atrair mais clientes por ser uma empresa que pensa no meio ambiente, logicamente as chances de aumentar os lucros são maiores.


MAIS INCENTIVOS FISCAIS

O Governo Federal, assim como o estadual e municipal, andam bastante preocupados com a questão da água. Quando chega o verão, estados como o de São Paulo já precisam ficar em estado de alerta com a escassez de água.  Todas essas questões geram despesas até que sejam resolvidas, algo que qualquer governo deseja evitar.

Além disso, ao utilizar a água de reuso, as indústrias eliminam uma quantidade menor de toxinas nos rios e lagos. Isso, por sua vez, reduz o número de doenças na população o que também gera uma redução nos gastos com a saúde pelo governo.


QUAIS OUTRAS FORMAS DE ECONOMIZAR ÁGUA?

MAPEAR O USO DA ÁGUA

O primeiro passa é saber onde estão os maiores pontos de desperdício da água na indústria. Há algum vazamento? As descargas são as mais econômicas? É preciso saber por quais setores a água passa e quais mais precisam de água para fazer a gestão do insumo da melhor forma possível. Quanto às descargas você não precisa comprar novas, basta usar um economizador para caixa de descarga.

Água de reuso para Indústria

Use redutores de vazão

Uma forma muito simples de diminuir o desperdício de água é utilizando os redutores de vazão em torneiras. Com os reguladores de fluxo de água nas torneiras é possível fazer uma grande economia sem perder o desempenho e a produtividade. Você pode instalar tanto nas torneiras dos banheiros quanto nas da cozinha e em outros pontos necessários.


CONSCIENTIZAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS

O consumo da água pelos funcionários também é algo necessário. Por exemplo, depois do almoço, na hora de escovar os dentes, fechar a torneira. Locais onde é permitido tomar banho, é preciso ter o mesmo cuidado. Para isso, deixar avisos em locais visíveis com estatísticas sobre a escassez da água pode ser um fator de convencimento. Outra coisa que pode ser feita é instalar torneiras automáticas em todas as pias.


OPTE POR SOLUÇÕES A GÁS

Também conhecido como gelo seco, o dióxido de carbono pode ser um ótimo substituto da água quando o assunto é limpeza de máquinas e demais equipamentos industriais. Usar jatos de gelo seco é um procedimento bastante útil para remover, por exemplo, tintas, óleos, graxa, entre outras substâncias, inclusive uma simples poeira.

Esse tipo de limpeza oferece inúmeras vantagens: não deixa resíduos e, o melhor de tudo, não é um condutor de eletricidade, oferecendo maior segurança para os funcionários e menor risco de acidentes de trabalho. Além disso, não há a necessidade de desmontar todo o maquinário.

Usar um sistema de tratamento para água de reuso é um decisão estratégia e benéfica para as indústrias dos mais diversos setores. Ainda que ela não sirva para ser adicionada para o produto em si, pode ser utilizada várias vezes em diversos processos. Todos saem ganhando.

Quer saber como instalar o sistema de tratamento e começar a ter os benefícios da água de reuso na sua indústria? Então, entre em contato conosco e tire todas as suas dúvidas!